domingo, janeiro 03, 2010

BOLO ESCANGALHADO





Pois, como sabem eu já tinha feito bolo Rei. Mas agora resolvi improvisar como gosto. E como há bolos de todas as qualidades e feitios resolvi fazer o meu. E utilizar o meu doce de chila (gila).

Ingredientes:
-600 g de farinha
-180 g de manteiga derretida
-250 g de açúcar
-5 ovos
-1 ovo para barrar
-35 g de fermento de padeiro
-1,5 dl de leite morno (para amassar o fermento)
-sumo de 1 laranja
-100 ml de vinho do Porto (ok? Foi velhinho)
-passas, miolo de amêndoa cortado grosseiramente, miolo de noz e pinhões
-400 g de doce de gila e mais 200 gr para enfeitar

Amasse o fermento com um pouco de farinha e o leite morno, deixar levedar num lugar aquecido até dobrar de volume, (o meu foi para o pé da lareira o que foi rápido a dobragem). Amassar a restante farinha com o açúcar os ovos e a manteiga, sumo da laranja o vinho do Porto e o fermento previamente levedado, depois de tudo muito bem amassado até levantar bolhas, juntei o doce de gila(400 g) e as frutas secas e amassar mais um bocado. Deixar levedar em lugar aquecido por 3 a 4 horas. (OK? O meu nem precisou de sair da cozinha pois, o calor que estava na dita ao fim de 2 horas estava no ponto. Untei um tabuleiro e forrei com papel vegetal (pois, nada de silicones com a Isabel) e voltei a untar. Coloquei a massa. No centro do bolo coloquei as tais 200 g (mais ou menos) de doce de gila e polvilhei com mais pinhões. Foi ao forno pré-aquecido a 200ºC durante 20 minutos. Depois de frio polvilhei com açúcar em pó. Nota: Fantástico...