sábado, fevereiro 13, 2010

TARTE DO JETHRO





Mais uma receita fantástica do Jamie. ele disse!

-Que óptima tarte- consiste com uma óptima combinação de pinhões e mel. Foi-me apresentada pelo meu bom amigo Jethro, que é o meu chefe pasteleiro no Monte`s. Conheci-o na Austrália e ele sempre foi óptimo com as tartes! Obrigada Jethro. " Tu é que és." Faz uma tarte de 30 cm

Recheio:
-255 g de pinhões
-255 g de manteiga
-255 g de açúcar
-3 ovos grandes, de preferência biológicos (desculpa Jamie, mas os meus ovos são dos biológicos, mas, do super)
-4 colheres de sopa de mel de boa qualidade
-115 g de farinha sem fermento
-uma pitada de sal
Para a massa:
-115 g de manteiga
-100 g de açúcar
-uma pitada de sal
-225 g de farinha sem fermento
-2 gemas
-2 colheres de sopa de leite frios
Bata a manteiga, o açúcar e o sal e, depois, acrescente a farinha e as gemas e misture com os dedos ou com o robô (claro, eu fui de dedos). Quando a mistura se unir, formando migalhas grandes, junte o leite. Com cuidado, sem amassar muito, forme uma bola de massa. Embrulhe e deixe repousar uma hora. Cuidadosamente, corte fatias finas da massa (ou pode estendê-la com o rolo da massa se preferir) e ponha no fundo e dos lados de uma forma de 30 cm. Empurre a massa para a unir, e nível o fundo e os lados da forma. Tape e deixe repousar no congelador uma hora. Pré-aqueça o forno a 180ºC e asse a base de massa durante 15 minutos, ou até ficar ligeiramente dourada. Reduza a temperatura do forno para 170ºC. Enquanto a massa está no forno, torre os pinhões no grelhador. Com uma estábula ou no robô de cozinha (eu fui de estábula), bata a manteiga e o açúcar num creme leve e fofo. Junte os pinhões e envolva, acrescente os ovos, um de cada vez, depois o mel, a farinha e o sal. Passe para a caixa de massa e asse no forno durante 30 minutos a 35 minutos.

P.S. Como sabem eu tenho uma "panca" por tartes...Quando vi esta receita fiquei logo ansiosa por fazer. Pois como o Jamie diz, a combinação do mel e pinhões é óptima. O que fiquei curiosa de saborear, só posso dizer; comentário do filho:brutalíssimo...