quarta-feira, junho 23, 2010

BOLO DE DUAS CORES











Mais um bolo que é fabuloso. Com uma textura que, apesar de levar "alguma" farinha, de seco não tem nada, pois é leve e a comer desfaz-se na boca. É um bolo que pelo especto parece muito seco. Mas, para perceberem o que digo, é um bolo que não dá para rechear, porque ao abri-lo ao meio,certamente se desfazia. Pois bem, não sei se deu para perceber, mas espero que sim.
Vamos à receita.

Ingredientes:
Para a massa clara:
-250 gr de manteiga amolecida
-3 colheres de (sopa) de açúcar baunilhado (utilizo o meu caseiro)
-200 gr de açúcar
-4 ovos
-500 gr de farinha (é mesmo 500 gr ok?)
-1 colher de (sopa)) de fermento
-220 ml de leite

Para a massa escura:
-2 colheres de (sopa) de açúcar
-2 colheres de (sopa) de cacau
-4 colheres de (sopa) de leite

Untei uma forma removível com buraco. Uma vez untada, polvilhei com pão ralado. Com a batedeira ( utilizei o batedor de claras) bati a manteiga, açúcar e o açúcar baunilhado. Acrescentei os ovos um a um, sempre a bater entre cada adição. Juntei a farinha misturada com o fermento. Bati sempre com a batedeira até obter uma massa macia. Coloquei na forma cerca de dois terços da massa e alisei. Ao resto da massa juntei o cacau, açúcar e o leite e misturei muito bem. Distribuí esta massa escura sobre a massa clara que estava na forma. Com um garfo fiz na massa uma espiral. Levei ao forno (no meio) pré-aquecido a 180ºC, durante uma hora. Já sabe, utiliza o teste do palito. Depois deixa arrefecer um pouco, antes de desenformar. Polvilhei, depois de frio, com açúcar em pó, só mesmo para lhe dar uma gracinha.

P.S. Este bolo apesar de ser parecido com o meu bolo mármore não tem nada a ver nem em textura, nem em sabor...

Estou no Facebook aqui!