segunda-feira, fevereiro 14, 2011

SOPA DO MAR





Já sabem que eu quando digo a "minha" é porque fiz à minha maneira, e não por livros! Comi uma sopa do Mar que muito me agradou, apesar de me ter apercebido que levava sopa da K....(brrr), e gambas o que não usei na minha. Pois gambas não sou apreciadora de todo, e como fiz a sopa para mim não ia colocar só para parecer bem no blog. Quem me conhece sabe que não sou assim! Claro, escusado será dizer que a sopa da K....também não utilizei, já sabem qual a minha opinião! Para mim é estar a comer a comida a saber tudo igual, prefiro de longe os temperos genuínos que os industrializados. Mas, quem usa esses produtos podem crer que a sopa fica com uma cor muito mais bonitinha. Só como a mim não me serve o bonitinho, pois eu como costumo dizer "quem vê caras não vê corações" e podem crer que a experiência da idade prefiro de longe um bonito coração que uma bela cara! Mas, agora vamos é à sopa pois isso é que é importante.

Ingredientes:
-1 kg de mexilhão com casca
-2 postas de tamboril
-2 batatas médias
-2 cebolas médias
-3 dentes de alho
-meio pimento
-2 tomates maduros
-1 molho de salsa
-1 folha de louro
-80 ml de vinho branco
-azeite extra virgem
-sal marinho e piri piri
-1 colher de sobremesa de massa de pimentão
Primeiro lavei muito bem o mexilhão e levei a cozer com sal marinho. Quando cozido retirei as cascas e reservei o miolo. A água passei por um pano para deixar algumas areias que podia ter, e reservei a água. Cozi o tamboril também em água e sal marinho, quando cozido retirei espinhas e reservei o peixe.

Num tacho coloquei a cebola e alhos cortado às rodelas finas, juntei a salsa louro e levei ao lume até a cebola ficar translúcida. Juntei a massa de pimentão, as batatas, tomate, e pimento tudo cortado aos quadradinhos. e deixei só mesmo suar um pouco de tacho tapado. Juntei o vinho branco e deixei cozinhar um pouco. Depois juntei a água que tinha reservado de cozer o mexilhão e deixei cozinhar sempre em lume brando. Quando cozinhado retirei a folha de louro e com a varinha passei a sopa. Levei de novo a sopa ao lume juntei o peixe e mexilhões e temperei com um pouco de piri piri e rectefiquei o sal. Deixei o tempo que achei necessário para apurar. Hoje sou eu a dizer: "brutalíssimo"...

Notas: já sabem que sendo o nome sopa do Mar podem dar uso à vossa imaginação em relação a peixes e marisco, eu só usei mesmo o que eu adoro (mexilhão) e o tamboril, em questão estava de a sopa ser mesmo só para mim!
Como não podia deixar de acompanhar um clip do MAR que adoro!



Estou no Facebook aqui!

"Amo a liberdade por isso as
coisas que amo deixo-as livres.
Se voltarem é porque as conquistei
Se não voltarem é porque nunca as tive . "

[Bob Marley]