quarta-feira, março 23, 2011

CUPCAKES DE COCO COM FROSTING DE COCO








Pronto, resolvi a questão de não ter filhos pequenos nem netos! Faço na mesma os Cupcakes e os filhos (adultos) agradecem na mesma...:) é uma ternura, cada um melhor que outro. Simples de se fazer e simplesmente brutalíssimos. Já sabem esta receita é do meu livro Merry Cupcakes . Então vamos à receita deliciosa...

10-12 unidades
Ingredientes:
-450 g de farinha
-250 g de açúcar
-150 g de manteiga à temperatura ambiente
-200 ml de leite de coco em lata
-3 ovos à temperatura ambiente
-1 colher de café de fermento
-1 colher de chá de extracto de baunilha
-2/3 colher de sopa de raspas de coco
-1 pitada de sal
.Pré-aqueci o forno a 180ºC, coloquei as formas de papel dentro das formas de alumínio alinhadas num tabuleiro de ir ao forno.
.Misturei a manteiga e o açúcar com a ajuda de uma batedeira eléctrica até obter uma consistência macia e fofa.
.Juntei os ovos e bati mais até estar de novo macio.
.Acrescentei a farinha, o fermento e o sal, alternadamente, com o leite de coco e a baunilha, até ficarem bem incorporados.
.Mexa até ficar e misture o coco até estar bem incorporado.
.Deitei a massa nas formas até 2/3 das formas
.Levei ao forno até estar cozido levou 18 minutos (já sabe o teste do palito).Deixei arrefecer alguns minutos e retirei das formas Enfeitei com o frosting de coco só quando os Cupcakes estavam frios.

Frosting de Coco
Ingredientes:
-250 g de açúcar em pó
-80 g de manteiga sem sal à temperatura ambiente
-25 ml de leite de coco
Com a batedeira eléctrica bati a manteiga com o açúcar em pó, sempre a uma velocidade média, até estar tudo muito bem incorporado. Depois juntei o leite de coco ao creme e continuei a bater até estar incorporado, coloquei a batedeira em alta velocidade (pelo menos 4 minutos) até que o frosting fique fofo. Depois enfeitei ao meu gosto, fiz uns corações verdes de massa de massapão e enfeitei ao meu gosto. Claro, que cada qual enfeita ao seu.

Estou no Facebook aqui!

"Só existe uma coisa pior do que falarem da gente. É não falarem"

[Oscar Wilde]