quarta-feira, julho 20, 2011

CUPCAKE DE BAUNILHA COM FROSTING DE MARSHMALLOW









Como já não posto há um tempo os Cupcakes, não quer dizer: que não os faça! Pois como eu já disse anteriormente: podia ir de férias ou estar perto de 3 meses sem entrar numa cozinha o que tenho guardado em rascunhos, dava para postar uma receita diária!
Mas como posto só 3 vezes por semana ui, dava para ir de férias ou nem entrar na cozinha durante meses...Bem, de férias até nem é mau, mas o não entrar numa cozinha ui, é péssimo! Pois para mim é estar noutra dimensão...Vamos à receita.

12 CupCakes
Ingredientes:
-120 g de farinha
-140 g de açúcar
-1 colher de café de fermento
-40 g de manteiga sem sal
-120 g de leite gordo
-1 ovo
-5 gotas de extrato de baunilha
-1 pitada de sal
.Pré-aqueci o forno a 180ºC, e coloquei as bases de papel dentro das formas.
.Coloquei a manteiga e o açúcar numa taça e misturei com a batedeira elétrica até ficar fofo. .Acrescentei a farinha e o fermento e bati tudo até ficar incorporado.
.De seguida adicionei lentamente o leite e continuei a bater.
.Juntei o ovo e o extrato de baunilha e misturei muito bem até ficar macio.
.Deitei a massa nas formas, mas enchi apenas até 2/3 das bases dos CupCakes.
.Levei ao forno até estar cozido, entre 18 a 20 minutos (o teste do palito é infalível) .Deixe arrefecer alguns minutos e retire-os das formas. Adicione o frosting apenas quando os CupCakes estiverem frios.

Frosting de Marshmallow
Ingredientes:
-250 g de açúcar em pó
-80 g de manteiga sem sal à temperatura ambiente
-25 ml de leite gordo
-4 gotas de extrato de baunilha
-6/8 marshmallows
Com a ajuda de uma batedeira elétrica, a uma velocidade média, bata o açúcar em pó juntamente com a manteiga até estar tudo incorporado.
Numa taça à parte junte o leite e o extrato de baunilha.
Logo de seguida junte gradualmente o leite ao creme de manteiga e açúcar.
Depois de o leite estar incorporado, coloquei a batedeira a alta velocidade (pelo menos 4 minutos) até o recheio ficar leve e fofo.
Corte os marshmallows em pedaços pequenos e envolva ao creme anterior sem bater.
Notas: nesta decoração usei um bico mais largo, em questão estão os bocados de marshmallows que estão envolvidos no creme.

Cupcakes

Quando estou a dormir "pode cair o Carmo e a Trindade" que não dou por nada! Há trovoada, tremores de terra, ou outros barulhos que a Isabel não dá por nada, mesmo! Só sei das novidades quando os filhos me informam no outro dia. Mas, quando um filho respira diferente, e nem precisa me chamar, ui, eu estou logo alerta, e não me perguntem porquê? Sempre fui assim desde que fui mãe há 32 anos atrás! Ontem foi uma noite dessas, eram perto das 4 horas da manhã, o filho levantou-se, não sei como, eu estava ao pé dele a perguntar o que tinha? explicou-me e vi ok, com a minha experiência, que modéstia à parte até é alguma, tratei logo de dar os tais 1º socorros, mas logo depois disse: Mauro vamos ao hospital! E assim foi, chegamos ao Hospital Garcia de Horta perto das 5 horas, onde somos logo chamados para a triagem. Sim, chamados, pois eu não deixei o filho sozinho e nem me interessou que me dissessem que não podia entrar! Pois o filho era adulto e estava ali pelo seu próprio pé! É verdade, mas, o filho é meu e muito meu e só eu tenho o direito de decidir, e não outras pessoas. Pois ainda Domingo eu tinha lido uma notícia deste mesmo hospital que não me agradou e nada mesmo...E felizmente ou infelizmente tenho muitos conhecimentos como se funciona dentro dos ditos! Ok, lá resolveram colocarem-me uma pulseira de acompanhante, pois viram que comigo não dava mesmo! A minha foi branca a do filho laranja. Mas, estão a ler esta minha mensagem e a pensar: e!!!! Pois é que depois de tudo passado eu e filho ainda nos rimos (Graças a Deus) porque a pulseira diz em baixo: causa: doença! Pois, tínhamos ido até ao hospital fazer um SPA!!! O filho ainda foi mais longe, passamos a madrugada num RESORT, até saímos de pulseiras...



Estou no Facebook aqui!

"Não deixe portas entreabertas. Escancare-as ou bata-as de vez. Pelos vãos, brechas e fendas passam apenas semiventos, meias verdades e muita insensatez."

[Cecília Meireles]