segunda-feira, março 26, 2012

PAVLOVA COM MORANGO



Tinha 3 claras congeladas que tinha sobrado, duma sobremesa. Como já disse em vários postes, tenho o costume de congelar as claras, quando as sobremesas só pedem gemas, como é o caso de gelados. Coloco sempre dentro de caixas da Tupperware pequenas em quantidade de 3 por cada caixa, assim quando preciso, é só deixar descongelar e servir-me. Mas, desta vez pensei! Sim, pensei, porque não parece, mas a Isabel pensa, e pensa muito bem! E se fizesse 2 pavlovas, com estas claras e com as 3 claras que me ia sobrar do creme pasteleiro. Nem pensei mais fui logo para o meu laboratório (cozinha) fazer a receita. Aqui em baixo deixo a receita de uma (pavlova) mas já sabem fazem duas, ok?

Pavlova:

Ingredientes:
-3 claras
-170 g de açúcar
-1 colher de (sobremesa) de vinagre
-1 colher de (sobremesa) de maisena

Bati as claras em castelo, quando batidas juntei metade do açúcar e voltei a bater até fazer picos. Juntei o resto do açúcar, farinha e o vinagre e envolvi muito bem com a vara de arames sem bater. Untei com manteiga um tabuleiro (daqueles de bolachas/biscoitos, sem laterais) e deitei o merengue no meio. Com uma colher de (sopa) fui espalhando até fazer um circulo. Levei ao forno a 150ºC, durante 1 hora. Ao fim desse tempo desliguei o forno e deixei o merengue arrefecer dentro do (forno).
 
Nota: ao fazerem o 2 merengue, tenham o cuidado de deixar, mais ou menos com o mesmo diâmetro, mas se por acaso, algum deles ficar um pouco maior, não há crise, é só colocarem o de maior (diâmetro) na base, ok?
 
Receita de creme pasteleiro:

Ingredientes:
-30 g de farinha
-100 g de açúcar
-1/4 l de leite
-3 gemas de ovo
-1 pitada de essência de baunilha

Com o batedor de varas de arames ou (fovet) como agora tem a mania de chamar. Para mim como sempre chamei vara de arames é assim que vai continuar a ser. Bati as gemas com o açúcar até ficarem esbranquiçadas. Envolvi de seguida a farinha junto com a baunilha e depois o leite quente. Levei ao lume batendo sempre com a vara de arames até levantar fervura e "ops" um creme pasteleiro caseiro e simples de se fazer, ok, pelo menos para mim.

Precisamos:
-600g de morangos lavados
-600 ml de natas batidas em chantilly

Agora vamos à montagem do pavlova. Num prato coloquei uma pavlova, depois coloquei o creme pasteleiro frio, sem deixar chegar às bordas. Cobri com morangos laminados, chantilly. Coloquei a outra (pavlova) por cima. Cobri com chantilly, mas não deixei chegar às bordas. Polvilhei com morangos picados aos quadradinhos e reguei com um polme que fiz com 7 morangos no liquidificador. Comentário do meu provador oficial (filho): brutalíssimo....


Estou no Facebook aqui!

"Ser Páscoa"

É ser capaz de mudar,
É partilhar a vida na esperança,
É lutar para vencer toda sorte de sofrimento,
É dizer sim ao amor e à vida,
É investir na fraternidade,
É lutar por um mundo melhor,
É ajudar mais gente a ser gente,
É viver em constante libertação,
É crer na vida depois da morte.

[Texto tirado da net "Desconheço o Autor" ]