quinta-feira, outubro 04, 2012

PAVLOVA COM AMORAS


Tinha que fazer uma sobremesa. Pensa Isabel! Tinha retirado um tupperware com amoras da arca congeladora e colocado no frigorífico na véspera para descongelar as ditas, era para fazer um gelado. Ao abrir a arca congeladora, dei de cara com a caixa das claras congeladas, fez-se luz, lembrei-me logo de fazer uma pavlova de amoras. Uma sobremesa excelente para se aproveitar claras, que eu tenho sempre congeladas. Não tinha tempo para descongelar as claras. Mas como eu até faço a pavlova com o creme pasteleiro, aproveitei as claras para fazer a pavlova e segui logo para bingo (receita) que se faz muito rápido.
Primeiro fiz a cobertura das amoras: Num tacho coloquei 300 g de amoras com 2 colheres de (sopa) de açúcar e 1 colher de (sopa) de brandy. Levei a lume brando e deixei murchar as amoras, com um garfo esmaguei as mesmas. Reservei.

Pavlova:
Ingredientes:
-3 claras
-170 g de açúcar
-1 colher de (sobremesa) de vinagre
-1 colher de (sobremesa) de maisena

Bati as claras em castelo, quando batidas juntei metade do açúcar e voltei a bater até fazer picos. Juntei o resto do açúcar, farinha e o vinagre e envolvi muito bem com a vara de arames sem bater. Untei com manteiga um tabuleiro (daqueles de bolachas/biscoitos, sem laterais) e deitei o merengue no meio. Com uma colher de (sopa) fui espalhando até fazer um circulo. Levei ao forno a 150ºC, durante 1 hora. Ao fim desse tempo desliguei o forno e deixei o merengue arrefecer dentro do (forno).

Receita de creme pasteleiro:
Ingredientes:
-30 g de farinha
-100 g de açúcar
-1/4 l de leite
-3 gemas de ovo
-1 colher de (chá) de baunilha

Com o batedor de varas de arames ou (fovet) como agora tem a mania de chamar. Para mim como sempre chamei vara de arames é assim que vai continuar a ser. Bati as gemas com o açúcar até ficarem esbranquiçadas. Envolvi de seguida a farinha junto com a baunilha e depois o leite quente. Levei ao lume batendo sempre com a vara de arames até levantar fervura e "ops" um creme pasteleiro caseiro e simples de se fazer, ok, pelo menos para mim.

Montagem da pavlova:

Coloco a pavlova num prato. No meio coloco o creme pasteleiro. Cubro com o chantilly que fiz com 400 ml de natas e 2 colheres de (sopa) do meu açúcar baunilhado, depois deitei por cima o xarope que fiz com as amoras. Não tive a nota do meu provador oficial (filho), pois não se encontra em Portugal. Mas utilizando o seu termo: ficou brutalíssimo...

Estou no Facebook aqui!

"Viva uma vida boa e honrada. Assim, quando você ficar mais velho e pensar no passado, poderá obter prazer uma segunda vez."


[Dalai Lama]