sexta-feira, junho 07, 2013

LOMBO DE PORCO COM AMÊIJOAS À ALENTEJANA



Tive que ir a Beja tratar de um assunto. Assunto tratado, encontramo-nos com um casal amigo, sendo ambos alentejanos, combinamos ir almoçar, mas deixei a escolha ao critério deles. Só disse: Quero comer comida simples e tipicamente alentejana. Ok, seguimos para a localidade de Quintos, a terra do nosso amigo. Quando olhei para a porta do local onde íamos comer, fiquei contente, pois compreenderam perfeitamente a minha mensagem: "tasca". Comi um lombo de porco com amêijoas à alentejana, que manjar...simplesmente brutal. A simplicidade no seu melhor. O meu provador oficial (filho) disse logo: brutal. Claro que em casa apeteceu-me fazer a dita carne. Vamos ver como fiz!



Temperei um lombo de porco (1,200 kg) cortado aos cubinhos com 3 dentes de alho pisados com sal e 1 colher de sopa de massa de pimentão. Deixei a carne a descansar um bom bocado (à volta de 1 hora). Ao fim desse tempo fritei a carne em banha. Retirei a carne e reservei. Na banha juntei mais um dente picado, uma cebola cortada às rodelas finas, um molho de coentros picados, pimenta preta moída na hora e colorau. Juntei as amêijoas bem lavadas. Tapei o tacho, sacudindo de vez em quando. Logo que as amêijoas estavam abertas, juntei a carne reservada e misturei tudo muito bem. Servi bem quente com batatas fritas e uma boa salada verde com tomate e cebola.

Nota: no dia que resolvi fazer fui ao mercado da Charneca de Caparica comprar a amêijoas, mas como foi a meio da semana só tinha esta amêijoa chamada «amêijoa branca» que é: amêijoa do Vietname! Ok, a senhora (peixeira), disse: que eram ótimas, e que não ia notar diferencia, só mesmo no preço (estas € 4). Pronto, sou eu que sou esquisita. O tempero, a carne ficou brutal, agora as amêijoas foi a 1º vez e será a última, pois não me agradou o sabor nem aos filhos. Primeiro, não sabe ao meu «mar» como eu costumo dizer, e nem sei explicar a que sabe! Para mim e filhos é mesmo um ingrediente para não consumir mais, e aqui não tem nada a ver com o que falam mal das ditas, pois uma coisa que eu não ligo mesmo é o que falam.

______A experiência que não é convertida em conhecimento é apenas informação!_______


Denilson Alves