domingo, janeiro 12, 2014

DICAS#4


                                                                             (Imagem retirada da Internet)

Continuando no "patamar" das dicas, vamos a mais umas. Recebo vários emails, a perguntarem-me o que acho das formas, etc. de silicone. Sou uma mulher anti silicone. Já esclareci há uns anitos atrás que não usava, e não gostava. Mas como continuam a perguntar, com certeza não leram essa minha mensagem. Então vou explicar, eu não sou daquelas mulheres que diz que não gosta, sem provar ou experimentar, ok?

Há perto de 23 anos quando fui à Grécia, nas minhas pesquizas por lá, encontrei umas formas e utensílios de cozinha da matéria de silicone, achei interessante e comprei. O primeiro bolo que fiz, (de manteiga) o meu provador oficial (filho) nessa altura só tinha cinco anos, mas disse logo:-Mãe, este não é o teu bolo!?!?!? O filho, não tinha visto as formas, o sabor é que estava diferente...Mas como também sou uma mulher teimosa até mais não (sempre fui e serei assim), voltei a fazer o mesmo bolo e voltei a cozer o mesmo numa forma de silicone. Ok, lá vem o filho com a mesma conversa, mãe, este não é o teu bolo. Passado uns dias voltei a fazer o mesmo bolo utilizei uma das minhas adoradas formas de alumínio, comentário do filho:- Ah mãe, este é o teu bolo. Sim, o meu filho desde tenra idade, já tinha o palato muito apurado. Logo nesse dias essas formas de silicone foram para o seu devido sitio: canto, mais tarde dei. Passados uns anos tinha uma amiga que vendia Tupperwares e ouvia o pessoal todo a falar maravilhas daquilo, pensei: Se o silicone da estética está sempre a evoluir, pode ser que este também já seja diferente. Voltei a comprar duas formas, uma nem nunca usei. Outra sim experimentei com um bolo de laranja. Comentário do meu provador oficial (filho) aqui já com uns 15 anos:-Mãe, o sabor do bolo fica diferente com esta forma de silicone. Ok, escusado será dizer que as formas foram logo para o seu devido sitio: canto e mais tarde quando me mudei e dei o recheio da casa toda, as formas foram de bónus e uma nem tinha estreado.

Gosto de formas de alumínio e estou-me lixando que venham agora algumas mentes luminosas a dizer que fizeram estudos e que o alumínio provoca o cancro e outras doenças mais. Desde que me conheço como gente sempre vi a minha mãe cozinhar em tachos, panelas, formas e tabuleiros de alumínio. Em Lisboa nunca vi tachos, etc. de ferro preto, só mais tarde quando o meu pai tinha que ir ao Norte: Oliveira de Azeméis, São João da Madeira, etc. e eu ia com os meus pais é que conheci esses tachos pois o pessoal cozinhava em fogões de lenha (que maravilha) e mais tarde com 17 anos, quando me casei, também em Coimbra vi e aí sim, cozinhei com tachos/panelas de ferro fundido. Só que naquele tempo morria-se de doença má (cancro) mas só ouvíamos esporadicamente, hoje é o prato do dia, não se conhece ninguém que não tenha alguém na família ou amigos com a maldita doença.

Agora para a jovens que se vão casar a M. e a I. que me pediram informações sobre o silicone das formas, pois eram umas jovens que não gostavam nem sabiam cozinhar, mas descobriram o meu blog e a ler as minhas estórias começaram a ler as receitas e começaram a gostar do que liam. Aventuraram-se na cozinha hoje adoram cozinhar, dizem que cozinham comigo ao pé :) (portátil na banca da cozinha, aberto no Cozinhar com os Anjos). Minhas queridas, obrigada! É por pessoas como vocês que eu estou deste lado. A informação que pediram já leram mais atrás ok? A Isabel é anti silicone. Comprem as formas de alumínio para o vosso enxoval as medidas e modelos que enviei no email, e com o tempo vão adquirindo conforme precisam. Muitas felicidades para a vossa nova etapa.

Segunda dica: Neste dia disse que quando utilizasse os carimbos da CASA que diria algo sobre os mesmos. Bem, experimentei ontem para fazer mais uma fornada de bolachas para o filho levar para a sua casa. Desilusão completa. Posso mesmo dizer: Não presta, vão com certeza ficar no canto, vou ter que procurar carimbos de mensagens do estilo que o filho comprou na Suíça. Pelo menos com um material melhor, pois os de plástico da CASA são de um plástico brrrr, e depois a colocar as letras, é outro brrr, depois deu-me muito mais trabalho a colocar cinco nomes em cinco mensagens do que fazer as restantes 40 bolachas e carimbar com o meu adorado carimbo I LOVE YOU. Aquelas pessoas que compraram e que gostam, parabéns! Aquelas que não compraram e que confiam no que eu digo: Não comprem, mais vale dar mais uns euritos e comprar algo como deve ser. Eu vou descobrir cá onde se vende carimbos de qualidade, depois informo.



Dentro de pouco tempo colocarei receita e bolachas feitas com estes carimbos da treta e depois vêm, ok?