terça-feira, abril 29, 2014

BOLO DE GINGAS HOLANDÊS [ANIVERSÁRIO DA FILHA]



Abril, é o Mês da minha felicidade: o nascimento dos meus filhos :) na terça-feira dia 22, foi o aniversário do filho. Dia 28 é o aniversário da minha filha. Escolher os bolos de aniversário, já começa a ser um pouco complicado. Se há pessoas que fazem sempre o mesmo bolo, por vezes só alteram os enfeites. Eu sou mesmo muito eu, gosto sempre de surpreender :). Escolhi este bolo que retirei do meu livro «As 100 Mais Famosas Sobremesas do Mundo» do País de Holanda. Um livro que me acompanha há 16 anos. Ao fim de 35 anos o 1º dia mais feliz da minha vida, continuo a dizer: Obrigada filha, por me escolheres e deixar ser tua mãe! Amo-te minha filha.


Aqui podem ter uma ideia dos bolos de aniversário que fiz, desde que tenho blog. Mas não pensem que antes de ter blog eu fazia sempre o mesmo bolo, não! Sempre gostei de surpreender.



Massa folhada, chantilly e gingas: uma combinação perfeita.

Ainda não foi provado que a origem deste bolo se situe nos Países Baixos. No entanto, a única certeza que temos é que já faz parte do conjunto de receitas de doces de todo o mundo.


Ingredientes:

-400 g de massa folhada, congelada (usei 3 rolos de massa folhada fresca do LIDL)

Para o recheio:

-1 boião de ginjas, com calda (450 g de peso escorrido da fruta)
-1 pitada de canela
-100 g de açúcar
-3 colheres de sopa de Maizena
-7,5 dl de natas


 












   (Recebi a Maizena aqui)

Para o glacé:

-50 g de doce de groselha
-80 g de fondant ou de glacé de claras

Além disso:

1 forma de mola com fundo móvel com 26 cm de diâmetro

É  aconselhável que a massa folhada não aumente demasiado de volume.  Com  a bancada polvilhada de farinha com o rolo, tenda cada uma das partes da massa a obter uma base redonda com 28 cm de diâmetro. Coloque essas bases em tabuleiros revestidos de papel vegetal. Com um garfo, pique as bases repetidamente. Deixe descansar durante 30 minutos. Leve-as ao forno previamente aquecido (220º C) durante 10 a 12 minutos, até que adquiram um tom dourado. Durante a cozedura, essas bases vão encolher ligeiramente, de forma a agora já consigam cobrir os 26 cm de diâmetro da forma de mola com fundo móvel. Se faltar massa ajuste as bases à forma, cortando os rebordos que sobrar. Ferva a calda juntamente com a canela e metade da quantidade de açúcar. Desfaça a maisena num pouco de água, junte a esta calda e deixe ferver. Agora, adicione as gingas e deixe arrefecer. Coloque 12 de parte. Bata as natas com o resto do açúcar. Monte o bolo. Coloque a massa na forma, revestindo-a ligeiramente com chantilly. Com um saco de pasteleiro (bico redondo nº 12) forme em cima 4 anéis de chantilly. Com cuidado, coloque as gingas por entre os anéis de chantilly. Por cima, deposite a segunda base da massa e pressione ligeiramente. Agora, espalhe uma camada de chantilly até à borda superior da forma de mola com fundo móvel. Alise com todo o cuidado. Lentamente, retire o aro da forma. Alise, então as bordas laterais do bolo. Cubra-o com uma fina camada de chantilly. Com o doce muito quente barre a parte da última base de massa, deixe secar e, logo de seguida espalhe uma camada de fondant.  Deixe secar o glacé. Com uma faca grande e humedecida corte o bolo em várias fatias.

Notas: O  glacé fiz assim: bati uma clara de ovo até ficar espumosa, nessa altura juntei 100 g de açúcar em pó, e com a vara de arames envolvi muito bem. Juntei sumo de limão (2 c. de sopa) e envolvi de novo muito bem. Depois pincelei  a ultima base de massa folhada que já tinha anteriormente pincelado com o doce de groselha e com uma faca fiz os cortes das fatias, onde depois com a ajuda do saco pasteleiro fiz uma roseta em cada fatia e coloquei uma ginga antes reservada.

P.S. Comentário do meu provador oficial (filho) brutalíssimo...:)


                              (A minha filha no dia que fez 4 anos)

"A minha felicidade é saber que os meus filhos são felizes!Isso me basta!"

(Michelle Meneses)