segunda-feira, setembro 01, 2014

PAVLOVA DE CHOCOLATE COM GELADO DE MIRTILOS



Tinha 4 claras que sobrou de uma sobremesa. Congelar não queria pois já tenho bastantes. Lembrei-me da receita da minha amiga Sandra. Como estava em lista de espera para saborear a pavlova com gelado, nem foi tarde, nem foi cedo. Seguiu para "bingo". Resolvi fazer mini pavlovas (individuais). Olhei para dentro do frigorífico para me inspirar no sabor do gelado. Tinha  mirtilos saltaram logo para fora e acompanhar 4 iogurtes gregos simples açucarados do LIDL. Vamos ver como fiz o gelado.


Ingredientes do gelado:
-250 g de mirtilos
-500 ml de iogurte grego açucarado

No liquidificador coloquei os ingredientes e fiz um polme. Deitei o mesmo na sorveteira a trabalhar, levou 20 minutos. Neste gelado não coloquei açúcar, os iogurtes já tinham que baste, além que o gelado era para acompanhar as pavlovas que já tem açúcar suficiente. Mas se fizerem o gelado para comer só e quiserem acrescentar um pouco de açúcar, acrescentem ao vosso gosto, que como sabem o mirtilo tem um leve sabor a amargo (que adoro).


Ingredientes do merengue:
-4 claras
-200 g de açúcar
-1 colher de (sobremesa) de vinagre
-1 colher de (sobremesa) de Maizena
-1 colher de (chá) de cacau em pó (usei Cacao Sampaka)

 Bati as claras em castelo, quando batidas juntei metade do açúcar e voltei a bater até fazer picos. Juntei o resto do açúcar, farinha, cacau e o vinagre e envolvi muito bem com a vara de arames sem bater. Untei com manteiga um tabuleiro (daqueles de bolachas/biscoitos, sem laterais) fiz 3 montinhos com o merengue. Com uma colher de (sopa) fui espalhando até fazer 3 círculos. Levei ao forno pré-aquecido a 150ºC, durante 1 hora. Ao fim desse tempo desliguei o forno e deixei o merengue arrefecer dentro do (forno).

Montagem: Colocar as pavlovas e colocar uma bola de gelado de mirtilo e regar com um doce de mirtilo que fiz para regar as pavlovas. Num tacho coloquei 125g de mirtilos, 20 g de açúcar branco e 2 colheres de sopa de água, levei a lume médio sempre a mexer, até ficar com uma textura de doce, o que foi rápido, pois a quantidade foi mínimo.

"Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta."
(Albert Einstein)