quarta-feira, abril 08, 2015

HAMBÚRGUER DE PERU EM BOLO DO CACO, COM BATATAS DOCES FRITAS NO FORNO




Sábado por vezes vou ao Mercado da Charneca de Caparica, gosto do cheiro dos mercados. Não quer dizer que seja dos mercados que mais gosto, mas é um Mercado que "dá  para o gasto" quando estou sem apetites de grandes deslocações. Foi assim que descobri, que também têm o bolo do caco (mas só ao sábado). Tinha deixado bifes de peru a descongelar para o almoço, resolvi trocar as voltas e fazer uns hambúrgueres de peru em bolo do caco que a filha adora. A acompanhar umas batatas-doces fritas no forno.



Vamos ver como fiz:  Piquei os bifes de peru. Numa tigela coloquei a carne picada e juntei 1 dente de alho picado e coentros picados. Temperei com sal marinho e pimenta-preta moída na hora. Envolvi muito bem. Com as formas de hambúrgueres da Tupperware que já tenho há uns 27 anos formei os hambúrgueres. Reservei. Numa frigideira coloquei uma cebola às rodelas 2 c. de sopa de Vaqueiro sabor a manteiga, e levei ao lume deixei murchar a cebola em lume brando, juntei 1 c. de sopa de Ketchup, envolvi bem, e coloquei os hambúrgueres, deixei cozinhar em lume brando, fui virando. No final aumento o lume a deito 1 c. de sopa de vinagre balsâmico envolvo e deixo a carne absorver sabores. Reservo.

Abri os bolos do caco e levei ao lume na chapa. Depois rego a base do bolo do caco com um pouco de molho, coloco o hambúrguer e a cebola caramelizada por cima, coloco a outra base do bolo e servi de seguida com as batatas-doces fritas no forno. Vamos ver como fiz:



Batatas-doces fritas no forno: Descascar as batatas-doces, cortar em palitos. Lavar e secar muito bem (utilizo o papel de cozinha). Numa tigela colocar as batatas-doces cortadas em palitos juntar 1 c. de sobremesa de farinha de trigo, temperar com pimenta-preta moída na altura, regar com 1 c. de sopa de azeite e envolver muito bem! (Utilizo as mãos para esse fim). :) Espalhar as batatas num tabuleiro e levar ao forno pré-aquecido a 200ºC, o tempo de alourar. Servir de seguida e deliciar-se.

Notas: Adoro batata-doce, desde que me conheço por gente. Quando era criança lembro-me de estar sempre há espera que assassem as ditas quando a minha saudosa mãe fazia castanhas assadas. A altura das batatas-doces, recordo-me que só aparecia na época das castanhas. Agora já não há época de nada, pois consome-se tudo durante o ano inteiro infelizmente. Os meus filhos, ensinei-os a gostar. :) Batatas-doces cá por casa, come-se como sobremesa, cozida, assada ou frita no forno. A acompanhar, carne ou peixe. Até utilizo no puré de legumes.

Batatada Fidalga.

Batatada à moda do Jorge.

Tarte de batata-doce-sweet patato pie

Azevias de batata-doce e amêndoa em massa-folhada.

Frango do campo com tomilho e batatas-doces.

Entrecosto no forno com batatas-doces e alecrim.

Chamuças (pasteis) de ervilhas e batata-doce com iogurte de pepino (raita)

Bifanas em vinha d`alhos em bolo do caco.

Batatas-doces recheadas.

Bacalhau com todos escondido.

Borrego assado com pimenta rosa e cominhos.

Frango à moda de Ranhados.

Salmão em papelote com coentros.

"Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim."
(Chico Xavier)