terça-feira, setembro 15, 2015

PANNACOTTA DE MIRTILOS



Há muito que não fazia pannacotta, tinha que fazer uma sobremesa para levar, ia almoçar a casa do filho, como sei que ele gosta resolvi fazer esta. Já tenho várias no blog. Para mim das sobremesas mais simples e deliciosas. Costumo fazer sempre em forma, desta vez fiz em individuais (copos da iogurteira) mais simples para levar para casa do filho.

Pannacotta (natas cozidas) é uma sobremesa de "Piemonte""Este doce é um clássico da doçaria italiana.
Fácil de fazer e francamente agradável.
Também pode preparar em forminhas individuais"


Ingredientes:
-600 ml de natas
-100 g de açúcar
-3 folhas de gelatina
-2 colheres de (sopa) de rum branco
-1 vagem de baunilha
-250 g de mirtilos


Ferver as natas com o açúcar e a vagem de baunilha cortada a todo o comprimento, durante dez minutos. Juntar a gelatina previamente demolhada. Continuar a mexer. Mergulhar o tacho em água fria para arrefecer mais depressa. Juntar o rum, retirar a vagem e guardá-la dentro do açúcar para uma próxima vez.  Com a varinha-mágica triturar os mirtilos e coar e juntar ao preparado da panna cotta com a vara de arames misturar muito bem. Deitei o preparado nos copos levei ao frigorífico, deixei de um dia para o outro.

Notas: as vagens de baunilha, depois de utilizadas e limpas eu reservo sempre dentro dum frasco com açúcar. Assim tenho sempre açúcar baunilhado.

"É fácil apagar as pegadas; difícil, porém, é caminhar sem pisar o chão."


(Lao-Tsé)