segunda-feira, novembro 09, 2015

HAMBÚRGUER DE PORCO EM BOLO DO CACO COM CEBOLA CARAMELIZADA. A ACOMPANHAR BATATAS -DOCES FRITAS NO FORNO ÀS RODELAS




Fui com a filha ao Almada Forum fazer umas compras, aquelas coisas que qualquer mulher adora: mimarmos-nos. :) Depois fomos almoçar, quando acabamos fui ao Jumbo buscar umas coisas que precisava, e pensar no jantar :), bem, jantar não apetecia àquela hora, mas tinha que ser... Vi o bolo do caco e nem foi tarde, nem foi cedo pensei logo: vai sair jantar de mulher. ;) Mandei embrulhar 2 bolos de caco. Fui ao talho e pedi para picar 1 lombinho de porco. Pronto, o principal já estava para o nosso jantar. Vamos ver como fiz.


Comecei por temperar a carne. Coloquei a carne numa tigela e temperei com sal marinho, uma pitada de alecrim moído e pimenta preta. Envolvi tudo muito bem e fiz duas bolas, reservei no frigorífico. Numa frigideira coloquei um fio de azeite e deitei uma cebola às rodelas, em lume brando deixei murchar a mesma. Nessa altura em lume alto juntei uma colher de sopa de açúcar mascavado e envolvi muito bem, deixei os sabores se juntarem e temperei com umas pedrinhas (pouco) de sal marinho, quando o açúcar estava a caramelizar juntei 2 colheres de sopa de vinagre balsâmico e envolvi muito bem, deixei evaporar e reservei. Os hambúrgueres achatei as bolas da carne reservadas com as mãos para lhes dar aquele aspecto de hambúrguer, mas ficou alto como gostamos. Levei os hambúrgueres a grelhar numa chapa, selei primeiro a carne em lume alto, depois fui grelhando em lume lume médio até a carne estar cozinhada. Abri os bolos do caco e aqueci na chapa dos hambúrgueres, depois foi montar os mesmos. Aqueci a cebola caramelizada, no bolo do caco, coloquei o hambúrguer, depois espalhei a cebola caramelizada com um pouco do molho e coloquei rúcula, coloquei o topo do bolo do caco e pronto a servir com umas batatas-doces às rodelas que tinha feito previamente.


Batatas: Lavei 2 batatas doces com casca muito bem. Enxuguei e com a ajuda da minha mandolina que me acompanha há 39 anos, fiz as batatas em rodelas finas. Em papel de cozinha enxuguei bem as rodelas e coloquei dentro de uma tigela. Com o processador fiz um pó (sal marinho pouco, colorau 2 pernadas de alecrim fresco esfarelado e pimenta-preta em grão) que envolvi muito bem as rodelas. Coloquei as rodelas em tabuleiros forrados com papel-vegetal levei ao forno pré-aquecido a 180ºC, a meio da cozedura virei uma a uma. Não deixem alourar muito, se não queimam. Depois de frias é que ficam estaladiças ok?

P.S. Hambúrguer para mim e filhos tem que ser de carne picada na hora, aqueles hambúrgueres que os talhos vendem, mesmo sendo o meu talho de confiança não compro, é como a carne picada. Depois, também não gostamos de "folhinhas" de hambúrgueres, apesar de ter o modelador da Tupperware (nem sei se é assim que se chama) há mais de 25 anos com as devidas caixas redondas que se encaixam umas nas outras e no final tapa-se com a tampa para se congelar. Na altura comprei dois conjuntos que era para congelar os hambúrgueres, mas ao falar com o meu médico e dos filhos, ele na altura disse-me que nunca se deve congelar carne picada, ok, nem questionei, pois se é Deus no Céu e Dr. Antunes na Terra, para quê questionar. Nunca mais congelei. Tenho um bibelot. :)

"Eu aprendi muito mais com os meus erros do que com meus acertos."

(Thomas Edison)