quarta-feira, fevereiro 03, 2016

ARROZ DE PATO COM CHOURIÇO E PRESUNTO



A minha filha adora arroz de pato. Mas como ela diz: gosta de pato rechonchudinho (gordo, grande) :) gosta de comer arroz do dito, mas que encontre a carne. Há pessoal que faz o dito arroz, não interessa a quantidade de pessoas que vão sentar se à mesa é sempre um pato. O pato depois de cozido, retirar peles e afins fica em nada, por isso nunca compro um pato que tenha menos de 2,5 Kg. O meu saudoso pai adorava o meu arroz de pato, na altura quando fazia e os meus pais iam estar presentes, comprava sempre dois patos. Fazia um tabuleiro grande. Agora, resolvi fazer uma receita da minha Bíblia "O livro de Pantangruel" vamos ver com é.

Ingredientes:
-400 g de arroz (uso sempre o basmatti)
-1 pato
-250 g de presunto
-1 chouriço
-1 cebola
-6 grãos de pimenta (usei preta)
-manteiga e sal q.b.

Cozem-se o pato, o presunto e o chouriço em água temperada com sal marinho, a cebola e a pimenta. Escorre-se, reserva-se a água, corta-se o pato em pedaços o chouriço em rodelas e o presunto em tiras. Retiram-se os ossos  e peles ao pato, que se desfia grosseiramente. Coze-se o arroz no forno em meio litro de água que se escorreu e coou. Espalha-se metade de arroz num tabuleiro untado de ir ao forno e à mesa, cobre-se com bocados de pato, as rodelas de chouriço e as tiras de presunto e cobre-se completamente com o resto de arroz. Leva-se de novo ao forno para corar rapidamente, a fim de o arroz não ficar tostado.Querendo, pode borrifar-se o arroz com salpicos de água da cozedura, antes de o meter pela segunda vez no forno. Eu passei essa parte e pincelei com uma gema como fiz sempre.

Já tenho aqui e aqui o arroz de pato.

"Lembra-te sempre: cada dia nasce de um novo amanhecer."

(Chico Xavier)