terça-feira, maio 31, 2016

BOLO TROLARÓ





Mais um bolo, para acompanhar um chá (ou café, o que preferirem) ;) é brutal! Esta receita saltou da minha Bíblia Pantagruel. Ando mesmo numa de "Pantagruel":). Um bolo só com 2 ovos e tem mais receitas com essa mesma quantidade. Assim como tem tantas receitas "aproveitamento de claras". O nome trolaró, achei giro, pois desde criança que sempre ouvi esse termo. Mas o bolo a chamar-se, é que fiquei curiosa, pois na minha caminhada de vida o que sempre encontrei e encontro é pessoal "trolaró". :) Mas um bolo trolaró, é que nunca tinha apanhado. :) apanhei agora e muito a tempo. O meu provador oficial (filho) disse: Brutalissimo... :)


Ingredientes:
-300 g de açúcar (usei açúcar amarelo)
-165 g de farinha
-50 g de maisena
-125 g de manteiga
-1/2 chávena de leite
-2 ovos
-1 c. de chá de fermento em pó
-raspa da casca de uma laranja ou limão (usei laranja)
-açúcar em pó q.b.

Batem-se as gemas com o açúcar até engrossarem. Incorporam-se-lhes a manteiga derretida, a casca ralada da laranja ou limão (usei laranja) e, pouco a pouco alternadamente, o leite e as farinhas peneiradas com o fermento. Depois de bem batido, envolve-se delicadamente nas claras em castelo, sem bater. Deita-se o preparado numa forma untada e vai ao forno pré-aquecido a 160ºC. O teste do palito. Depois de frio empoa-se (adoro o termo) :) com açúcar em pó.

"Perca com classe, vença com ousadia, por que o mundo pertence a que se atreve."

(Augusto Branco)