quinta-feira, outubro 27, 2016

BOLACHAS DE BANANA, COM CHOCOLATE E ARANDOS





Mais umas bolachas brutais para acrescentar a tantas que abundam no blog. Como já muito escrevi por aqui, a caixa das bolachas/biscoitos têm que ter sempre conteúdo. Vamos à receita simples.



Ingredientes:
-125 g de manteiga
-125 g de açúcar (usei 100 g de açúcar amarelo)
-1 ovo
-1 banana madura esmagada
-175 g de farinha (usei farinha de trigo integral)
-1/2 c. de café de fermento em pó
-2 c. de sopa de leite
-100 g de chocolate, cortado em pedaços
-50 g de passas (usei arandos)


Bati a manteiga com o açúcar numa tigela até ficar uma mistura leve e fofa. Sem deixar de bater, juntei o ovo depois de o ovo bem envolvido, juntei a banana esmagada. Bati até encontrar uma textura macia.
 Peneirei a farinha com o fermento para dentro da mistura e envolvi com uma espátula. Deitei o leite e envolvi até ter uma massa com uma consistência macia. Depois adicionei o chocolate cortado em pedaços (picado com a faca) e os arandos, envolvi tudo muito bem.
 Deitei colheradas de sobremesa da massa nos tabuleiros, bem espaçadas entre si, previamente forrados com papel vegetal.
 Levei os tabuleiros (2) ao forno pré-aquecido a 190º no centro durante 20 minutos, ou até alourarem ligeiramente.
 Deixe as bolachas arrefecerem nos tabuleiros, até os transferir para as redes metálicas, para acabarem de arrefecer completamente.

Notas: e dica: eu uso chocolate Valrhona, mas usem um chocolate ao vosso gosto. Agora sobre o papel vegetal que me perguntam quando me mandam emails e eu respondo. Mas venho dar a informação por aqui. Eu compro na MAKRO uns rolos (em quantidades grandes) mas já aconteceu acabar e eu não me apetecer ir de propósito para comprar o dito, então compro uns rolos de 20 folhas por €1,09 no Jumbo que se encontra no corredor dos sacos de congelação, papel de alumínio etc. Também é excelente e muito mais barato do que esse que compram nas papelarias como me dizem.

Estou aqui no Instagram e Facebook!


"O segredo da saúde mental e corporal está em não se lamentar pelo passado, não se preocupar com o futuro, nem se adiantar aos problemas, mas viver sabia e seriamente o presente."

(Buda)