sábado, março 21, 2009

TARTEZINHAS DE MANGA









Esta receita é do meu livro "As 100 Mais Famosas Sobremesas do Mundo".

"A receita é da Argentina. As mangas são colhidas ainda verdes, acabando por amadurecer durante o transporte, no armazém do vendedor ou até, inclusivamente, na casa do próprio consumidor. Por este motivo é tão importante que estes frutos estejam verdadeiramente maduros. Ao tacto, não têm de ser duros e, através do pedúnculo, têm de soltar o típico aroma a manga."

Para a massa quebrada:
-375 g de farinha
-190 g de manteiga
-130 g de açúcar em pó
-1 gema de ovo
-1 colher de sopa de leite
-150 g de chocolate
Peneire a farinha sobre a superfície de trabalho. Faça uma cova no meio e deite aí a manteiga partida aos bocados, o açúcar em pó, a gema de ovo e o leite. Amasse a massa até fazer o ponto .Envolva a massa em folha de alumínio e deixe-a repousar durante uma hora, no mínimo, no frigorífico. Com o rolo, tenda a massa com 3 a 4 mm de espessura. Recorte círculos com um pouco mais de 8 cm de diâmetro. Com eles forre, as forminhas, pressionando bem as bordas para que a massa fique bem presa. Corte e elimine a massa que sobrar. Coloque um pedaço de papel vegetal em cada forminha. Revista-o com leguminosas secas. O tempo de cozedura é de 15 a 25 minutos, no forno pré-aquecido a 180 graus. Deixe arrefecer as bases e, de seguida, retire-as das forminhas. Derreta o chocolate e barre as tartezinhas, de modo a servir de camada isolante entre a massa estaladiça e o creme húmido.

Para o recheio:
-400 g de polpa de manga
-20 g de açúcar
-2 colheres de sumo de lima
-4 folhas de gelatina
-0,5 L de natas
Para o recheio, coloque as folhas de molho em água fria, bata as natas em chantilly com o açúcar e, com movimentos de baixo para cima, junte a polpa de manga. Junte o sumo de lima e, as folhas de gelatina derretidas misture muito bem. Recheie as tartezinhas com o puré de manga e espere até que este adquira consistência. Decore a gosto.

Notas: esta receita fiz mesmo a massa quebrada não usei a de compra. Antes de juntar a polpa reservei um pouco de chantilly para a decoração. Simplesmente divino...

Estou no Facebook aqui!