sexta-feira, julho 22, 2011

O MEU LICOR BAILEYS [CASEIRO]





Andando numa de experiências de licores, só tinha que experimentar este! Só que pedi ajuda ao filho para escolher o Whisky! Ok, ele escolheu o Jameson, segue para bingo! Coloquei na banca da cozinha, o Whisky Jameson, 1 lata de leite condensado, café instantâneo, chocolate em pó, (usei chocolate Cacao Sampaka). No liquidificador, coloquei o leite condensado, a mesma medida de Whisky (lata) uma colher de chá/cheia de café instantâneo e uma colher de sobremesa de chocolate. Liguei o liquidificador durante 3 minutos, depois foi deitar o conteúdo numa garrafa. Servir com bastante gelo, picado ou não! Na receita do meu livro diz que aguenta 6 meses sem frigorífico, ok, isso eu ainda não posso dizer se aguenta ou não, pois passou pouco tempo desde que o fiz! Mas, se por acaso o licor aguentar na garrafa esse tempo eu depois colocarei uma nota nesta postagem! Agora vamos ao principal! Comentário do filho: está bom, mas suporta mais um pouco de Whisky, pois, mas ele é apreciador de bebidas alcoólicas, comentário da filha: está uma delícia(...!) :)

Notas: como disse: cá estou eu a comentar se aguenta os 6 meses fora do frigorífico: não, não aguenta(...!)O licor ao fim de 3 meses estava "coalhado", não sei se têm haver com as altas temperaturas que tivemos.

Recebi um email dia 18 ("SIC - PROGRAMA "QUERIDA JÚLIA") mas só o abri no dia 20 à tarde! Eu abro os emails do "COZINHAR COM OS ANJOS" por ordem de chegada, e não era por ser da SIC que eu iria colocar há frente dos meus seguidores, pois para mim, todos eles merecem o meu respeito. Fizeram-me um convite para estar presente no programa dia 25 de Julho, a temática do programa será: "A ideia é fazerem um programa, que o tema é, que a mulher tenha “apanhado” o marido pelos seus cozinhados. Muitas vezes existem por partes dos amantes da culinária, algumas figuras de referência, mãe ou avó que os tenham influenciado"...Ok, recusei, pois não me enquadro nessa temática do programa. Pois é verdade, casei-me com 17 anos no ano de 1976, mas quem me conhece desde sempre sabe que não foi esse apelativo (saber cozinhar) que apanhei, ou fui apanhada. A minha mãe sempre foi/é uma excelente cozinheira, mas também não foi por aí a minha paixão de cozinhar, pois eu desde criança estava sempre na cozinha e com 9 anos já cozinhava. As minhas avós nunca tive o gosto de comer comida feita por elas, pois a avó da parte da minha mãe, não morava perto. A minha avó da parte do meu pai essa tirei muitos ensinamentos mas nenhum de cozinha. Adorava os provérbios dela que ainda hoje estou sempre a colocar em prática, e a citar, e onde fiquei com outras boas recordações... Quem me segue sabe que eu nunca faria algo, contra os meus princípios, onde um deles é ser eu mesma (verdadeira) e como de deslumbrada como eu disse: aqui não tenho nada, não era estar na SIC que me faria aceitar! Agradeci o convite e fiquei muito sensibilizada, por se lembrarem de mim. E mais uma vez agradeço à Catherine Fraga pela sua gentileza.

P.S. O que me lembro e muito da minha avó paterna era as histórias que ela contava do primo em 2º grau Padre Cruz, pois é verdade, era primo direito do meu bisavô, primo em 2º grau da minha avó, primo em 3º do meu saudoso pai e meu primo em 4º grau, o Padre Cruz pertencia à minha família "paterna"! A família e meu bisavô da parte do meu pai eram de Alcochete, apesar do meu pai ser de Alfama...O bisavô do meu pai chamava-se José Luis Valentim, eram uma família de forcados! Tenho pena de nunca ter ligado muito às histórias que o meu saudoso pai contava da sua/nossa família, pois a família Valentim, era uma família muito conceituada em Alcochete.....Já tive o privilégio de ir às finanças de Alcochete ainda o meu saudoso pai estava entre nós, e aí me apercebi que quando eu mostrei o BI do meu pai onde tinha Valentim da parte da mãe, pois a minha avó era de Alcochete, ui, só faltou a passadeira vermelha, e o diretor das finanças, foi logo chamado. Começaram a dizer a todo o pessoal que eu era filha de um bisneto e sobrinho dos Valentins....

P.S. Estas imagens foi a minha avó que me ofereceu quando me ofereceu a minha 1º Bíblia ainda eu não sabia ler! A minha avó paterna já guardava há muitos anos com ela. Mas ofereceu-me e eu guardei sempre religiosamente. Se a minha avó estivesse entre nós teria perto de cem anos, por aí podem ver o tempo que têm estas imagens, daí a sua cor e manchas...Mas eu sou muito ligada e tudo que me diga algo, como é o caso.






"O que sabemos é uma gota; o que ignoramos é um oceano."

[Isaac Newton]

Estou no Facebook aqui!