sexta-feira, janeiro 10, 2014

PERU RECHEADO



Este ano resolvi fazer peru recheado para o dia 25. Na consoada de 24 foi bacalhau, caras de bacalhau com as couves e o polvo à lagareiro. A filha bacalhau só come espiritual, ou com natas. O filho até já come bacalhau, mas escolhem sempre o polvo. A mãe como é muito bem mandada (só às vezes) para os filhos sou sempre, fiz-lhes a vontade. Mas o mais importante pra vocês será como fiz o peru.

Ingredientes:
-1 peru
-manteiga
-150 g de bacon fumado
-300 g de carne de porco picada
-4 salsichas frescas
-1 carcaça/papo-seco (ou outro pão que gostem)
-leite para demolhar o pão
-1 ovo
-pickles (usei meio frasco dos pequenos)
-150 g de azeitonas pretas sem caroço
-1 cebola média
-sal marinho
-pimenta-preta moída na altura
Limpei o peru como habitualmente. Na picadora piquei o bacon, azeitonas e pickles. Numa tigela coloquei a carne picada, as salsichas, o bacon, azeitonas e os pickles. Misturei muito bem e reservei. Num tacho coloquei a cebola picada com 50 g de manteiga, levei o tacho a lume brando, até a cebola ficar translúcida, nessa altura juntei a mistura que tinha reservado, envolvi tudo muito bem e deixei sempre em lume brando cozinhar a carne e harmonizar sabores. Juntei o pão demolhado e espremido e o ovo batido, temperei com sal e a pimenta e envolvi tudo muito bem e deixei cozinhar o ovo o que é rápido. Entretanto separei a pele do peito do peru com as mãos, sempre com cuidado para não romper. Introduzi a mistura no peito e o que restou coloquei no interior. Cozi o papo do bichinho, e a parte inferior, ou seja todos os buraquitos, para a mistura não fugir enquanto o bicho assava. No tabuleiro do forno, coloquei o bicho deitado sobre uma das asas (ok, ia dormir) e reguei com a restante manteiga derretida. Levei ao forno pré-aquecido a 180ºC, ao fim de 40 minutos mais ao menos virei o bicho e coloquei-o a descansar (assar) sobre a outra asa. Ao fim de outros 40 minutos virei o bichinho de papo para cima (estilo a bronzear-se na praia) e reguei com o molho que se formou. Deixei assar e sempre a regar com o molho. Quando assado (ao fim de 3 horas) retirei o molho que se formou, e juntei uma colher de sobremesa de maizena e levei ao lume a engrossar. Servi o bicho com batatas assadas à parte, o molho numa molheira e uma salada.

P.S. Dica: Peço imensa desculpas de não tirar foto ao prato já empratado. Mas nestes dias o tempo é muito curto para produções fotográficas, pelo menos no meu caso. Ah, devem ter pensado a Isabel é mesmo surtada a assar o bichito de lado :). Até aí eu sei, sou uma "surtada" muito saudável, só que eu sou daquelas mulheres que adoram ler, e livros de culinária leio todas as receitas e entrelinhas, não deixo nada. Esta dica sei que retirei de um livro, mas não me perguntem qual, pois já não sei. Ao assar o peru deitado sobre as asas, faz que o mesmo asse todo por igual e leve muito menos tempo. Eu comprovei e assino por baixo esta dica. Se não vos interessar a dica mandem para canto (esqueçam o que leram). O mesmo faço eu a tudo o que não me interessa na vida.

_____Você pode subir cada vez mais alto, você tem o direito de lutar pelo que você quer, mas é importante saber que durante a subida das escadas, você tem que gentilmente passar por quem está a sua frente, porque se você faz isso pisando, derrubando e sendo uma falsa e mentirosa, você sobe, mas quando chegar no tão sonhado topo, você cai, e parceira, você não cai devagar não. Deus não dorme, ele permite até ver onde vai sua mediocridade e arrogância!______

(Raileza)