segunda-feira, setembro 12, 2016

CALDEIRADA DE POTA E BATATA-DOCE





Caldeirada de Pota, desde que fiz esta receita, estava com vontade de tornar a experimentar a bichinha. :) Resolvi comprar de novo, e experimentar numa caldeirada, o que muito agradou à minha família. Uma refeição bem económica e deliciosa.



Ingredientes:
-1 embalagem de tentáculos de pota congelada (1,700kg)
-batatas-doces
-1 cebola grande
-1 lata de tomate pelado grande
-1 pimento verde
-1 molho de salsa
-1 molho de coentros
-sal marinho
-pimenta cayenne
-pimenta-preta moída na hora
-uma mão cheia de oregãos folhas (gosto sempre de colocar nas caldeiradas em causa a quantidade do tomate)
-azeite extra virgem
-vinho branco


Cozi os tentáculos da pota na panela de pressão com 2 cravinhos e uma folha de louro. Depois de cozida cortei em bocados (generosos) e reservei. Num tacho coloquei a cebola cortada às rodelas, pimento às tiras, tomate, pota, batata-doce cortadas às rodelas e assim sucessivamente até acabar os ingredientes. Temperei com sal marinho, pimenta cayenne, pimenta preta moída na hora, coloquei os molhos da salsa e coentros (inteiros) polvilhei com os oregãos reguei com o azeite e borrifei com o vinho branco, tapei o tacho e levei a lume brando. Nunca mexo as caldeiradas, deixo cozinhar em lume brando e vai harmonizando os sabores por si só. Quando espeto a batata e está cozida, a caldeirada está pronta, mas sirvo só passado pelo menos uns 15 minutos, deixo assentar "tropas" (sabores) :))).

Notas: Quando me refiro à refeição económica, é se fizerem com as batatas ditas normais. Como todos sabemos as batatas-doces são mais caras, quando fiz esta receita estava a comprar as batatas-doces a €2,89 o kilo, esta caldeirada estava em rascunho. Hoje já as ditas estão mais baratas €1 e pouco mais, mas é as batatas que entram cá em casa para tudo agora que há todo o ano, e não só no tempo das castanhas como era quando eu era criança e não só. As quantidades cada um sabe das suas necessidades e gostos.

Encontram-me no Instagram aqui!

"Os judeus admiram mais o espírito do que o corpo. A escolher entre os dois, eu também colocaria em primeiro lugar a inteligência." :)))

(Sigmund Freud)