segunda-feira, março 15, 2010

BUSTRENGO [TARTE DE MAÇÃ E POLENTA À BOLONHESA]









Ok, sai mais uma receita do Jamie simplesmente "Brutalissima"...O rapaz sabe mesmo. Pois, já fiz tantas receitas dele e nenhuma me defraudou o que não me aconteceu logo com a 1º que fiz deste livro. Um crumble
"Esta é uma fantástica tarte húmida, um pouco como o"claufoutis"francês, mas, ao juntar pão ralado e usar "polenta", fica muito parecido com um pudim de manteiga e pão à italiana. É uma coisa que os Italianos fariam, depois do jantar, nas brasas do fogo."

Ingredientes:
-1 noz de manteiga
-100 g de polenta
-200 g de farinha simples, peneirada
-100 g de pão ralado
-100 g de açúcar fino, e mais um pouco para polvilhar (não polvilhei)
-500 ml de leite gordo
-3 ovos grandes de preferência biológicos batidos(os meus foram do super):)
-100 g de mel
-55 ml de azeite
-100 g de figos secos, picados
-100 g de passas ou sultanas
-500 g de maçãs firmes, descascadas, descaroçadas e em cubos (ou seja não vale utilizar as enrugadas,ok?)
-1/2 colher de chá de canela moída
-raspa de 2 laranjas
-raspa de 2 limões
-1 colher de chá de sal
Pré-aqueça o forno a 180ºC, unte com manteiga uma forma baixa de 28 cm de diâmetro, de fundo solto. Misture a "polenta"a farinha, o pão ralado, canela, sal e o açúcar numa tigela grande. À parte, misture o leite, os ovos, o mel e o azeite. Junte a mistura molhada à dos secos misturando muito bem. Junte os figos, as passas, as maçãs, a raspa de laranja e de limão e mexa outra vez. Deite a mistura na forma e leve ao forno durante 50 minutos. Vá espreitando - talvez tenha de o cobrir com papel de alumínio se começar a ficar queimado nas bordas. Antes de servir, polvilhe com açúcar. Não se esqueça de comer morna - é óptima com um "vin santo" ,ok, servi com um vinho do Porto [1985 Niepoort Vintage Porto]. Simplesmente "Brutalissima"...

Notas: Já sei que vão pensar em me mandar e-mails a perguntar porquê eu falo bem do Jamie que nem é Português e não do que é nosso. 1º Eu não tenho que andar a agradar a ninguém, a não ser a mim própria, então como não gosto de todo de hipócresias, sou sincera. Não me interessa que a impresa fale mal do Jamie e bem da Taberna. Só que a 1º receita que fiz do livro da Taberna não gostei, e se fosse a 1º vez que fizesse um crumble, ok,se calhar até marchava,  mas como já faço essa sobremesa ainda os rapazes da Taberna andavam na escola. Não me agradou mesmo. Mas não desisto! Vou fazer outras receitas do livro. Pode ser que me agradem...Pronto, já me antecipei a futuros e-mails, já estão respondidos, ok? Obrigada.

P.S. A polenta já sabe que faz com farinha de milho e água,ok? Mas, se não souberem mandem-me e-mail que eu explico.

Estou no Facebook aqui!