sexta-feira, dezembro 03, 2010

BEILHOSES DE CASTELO BRANCO











Trouxeram-me 14 abóboras gilas e esta que era para enfeitar a minha cozinha. Ok, até era bem engraçada se eu tivesse uma cozinha enorme como gostaria ou que os armários não fossem até ao tecto. Sabem aqueles dias que nós estamos menos bem? Pois. eu também tenho desses dias então pensei: vou fazer uns beilhoses para a casa ficar a cheirar a Natal (amor) como os meus filhos dizem. Mas, também não me apetecia agarrar no carro para ir comprar abóbora menina que é com essa qualidade que se faz os fritos e não só, pelo menos para mim. Resolvi inventar com a tal abóbora de enfeite (sorrisos). Ok, abri a dita vi logo que era anémica, mas segui para bingo. Vamos à receita:

Ingredientes:
-1,250 kg de abóbora
-1 gema de ovo
-casca de uma laranja ralada
-100 gr de farinha
-1 colher de (café) de fermento
-açúcar e canela para polvilhar
-óleo para fritar (usei o óleo da Espiga)

Coze-se a abóbora com um bocadinho de água. Escorre-se por um passador de rede e passa-se pelo passe-vite (passei a parte do passe-vite esmaguei com um garfo). Mistura-se a gema, a casca de laranja ralada e a farinha misturada com o fermento. Fritam-se em óleo como se fossem pasteis de bacalhau, formando-as com duas colheres. Voltam-se com o garfo para fritar dos dois lados. Polvilham-se com açúcar e canela.

Notas: claro, que a minha casa ficou a cheirar a Natal (amor) como os meus filhos dizem, e os fritos mesmo sem ser com abóbora menina e ter sido feita com uma muito lindinha mas anémica ficaram bons, excelentes não, mas desapareceram em menos de 24 horas e eu só provei um, os filhos deram conta do recado. Agora vou fazer com a abóbora menina e esses sim, sei que ficarão excelentes...


P.S. O óleo espiga esse sim, é excelente, pois nunca tinha experimentado este óleo pois o que eu usava deixava sempre um cheiro intenso. Este óleo Espiga deixa um aroma muito subtil. Agradou-me imenso. Estes fritos já foram feitos em Outubro...