domingo, março 25, 2012

PATANISCAS DE CHERNE COM ARROZ DE TOMATE



Este mês é um (mês) triste. A minha saudosa mãe fazia anos. Estava a pensar nos mimos que a minha mãe me fazia sempre, quando sabia que eu ia lá a casa. A ultima vez, foi em Julho, foi uns croquetes de carne, que eu nem coloquei no blog, pois eu não sabia como ela fazia, e as quantidades a minha (mãe) não me conseguiu especificar. Mas, foi os (últimos) pois a partir daí, deixou de ter vontade ou força, pois o «bicho» "acordou" como eu lhe dizia: é verdade, a minha mãe nunca gostou da palavra da doença «cancro», gostava mais que eu dissesse: -mãe, não faça isso para o (bicho) não acordar eu ralhava sempre com ela e dizia:- a mãe não pode fazer isto, pois não se pode cansar nem estar no fogão tanto tempo ok, teimosa como ela era, nunca ligava ao que eu dizia! Na altura, dizia sempre:-a mãe não faz mais ok, até à próxima! Mas as saudades, fazem-me recordar os sabores que sei que não os vou ter mais. Mesmo eu a fazer, o sabor para mim, é sempre diferente, e não sou só eu, até os meus filhos. O meu filho, a comer, disse:-mãe estão excelentes, mas, os da avó, eu sei o que ele sentiu! Pois é o mesmo que eu sinto. Mas, deixando-me de estórias vamos à receita. Tinha duas postas de cherne, resolvi fazer as pataniscas com o dito.

Ingredientes:

-2 postas de cherne cozido limpo de espinhas e peles.
-160 ml de água (de cozer o cherne fria.)
-1 cebola pequena picadinha.
-4 colheres de (sopa) bem cheias de farinha.
-2 ovos grandes.
-1 colher de (sobremesa) de azeite.
-sal e pimenta
-salsa


Preparação:

Misturei a farinha o sal e a pimenta e juntei a água. Envolvi muito bem com a colher de pau. Juntei a cebola e fui deitando um ovo de cada vez batendo entre cada adição. Quando bem batido esta mistura, juntei o peixe, a salsa, o azeite e vai batendo com a colher até fazer bolinhas está pronto para fritar colheradas em óleo quente. Fui virando e quando estão loirinhas escorri em papel de cozinha. Servi com um arroz de tomate que qualquer um/a sabe fazer, e uma salada verde.

Estou no Facebook aqui!

"Saber não basta, devemos aplicar. Desejar não basta, devemos fazer."

[Goethe]