segunda-feira, fevereiro 01, 2016

LICOR DE NOZES VERDES[2º PARTE E FINAL]



Peço desculpas, de não cumprir com as datas dos licores... Quando faço algum licor coloco logo a data na minha agenda (a data de ir para o escurinho e a de finalizar o produto). Acreditem, que nos licores nem de agenda eu vou lá, vou sempre deixando passar o prazo. Se fizerem algum dos meus licores e depois quiserem terminar no tempo certo, mandem um e-mail, que eu passo a restante receita. :)

Também sei que não há problema nenhum de passar os prazos dos licores enquanto estão a hibernar, talvez seja esse mesmo o motivo do meu "desleixo". Mas vamos ver como eu terminei este licor. Já tinha aqui o Licor de nozes verde ou antes o de São João.

Coei o liquido e medi o que deu 3/4 L, reservei. Num tacho coloquei 1/2 L de água com 800 g de açúcar amarelo (podem usar o branco) e deixei ferver durante 10 minutos. Ao fim desse tempo desliguei o lume e deixei arrefecer a calda. Quando fria adicionei o liquido de aguardente onde as nozes hibernaram, e envolvi muito bem. Coei para dentro das garrafas com a ajuda de um funil e um coador de café de algodão. Marquei  com etiquetas nos fundos das garrafas o nome do licor e data. Não posso dizer a nota final, além que convém esperar 1 mês até provar.

"Não viva para que sua presença seja notada, mas para que sua falta seja sentida."


(Bob Marley)