quarta-feira, junho 15, 2016

QUEQUES DA BRANQUINHA





Uns queques fofos e deliciosos. A receita saltou da minha Bíblia Pantagruel. Eu sei apaixonei-me de novo (aliás, nem nunca me desapaixonei  da minha Bíblia), por vezes fica é esquecida na prateleira dos livros de cozinha, mas quando olho para ela, ups lá vai. :) Vamos ver como é.


Ingredientes:
-6 c. de sopa de açúcar
-6 c. de sopa de farinha
-3 ovos
-125 g de manteiga
-1 c. de chá bem cheia de fermento em pó
-raspa de 1 limão médio

 Batem-se as gemas primeiro com o açúcar e a casca de limão até engrossarem, depois com a manteiga derretida em banho-maria e a seguir com a farinha peneirada com o fermento. Envolve-se delicadamente nas claras em castelo e leva-se ao forno pré-aquecido a 180ºC, em formas bem untadas. O teste do palito aqui é perfeito.

Notas: Não polvilhei as formas com farinha depois de untadas, (fui bem mandada, a receita pedia só untadas, assim fiz)  ;) fiquei naquela, será que vai pegar? As formas com tantas curvas, ok, segui para bingo, e fiz o que a receita pedia: untar. Depois dos queques cozidos, foi só virar as formas em cima de uma rede e saltaram na perfeição, não agarrou nadica de nada. :))))

"Ora penso, ora existo."


(Paul Valéry)