sexta-feira, outubro 30, 2015

SALAME DE CHOCOLATE



Recebi um e-mail de uma jovem (20 anos) seguidora, a Catarina a perguntar-me qual a minha receita do famoso salame de chocolate, mas o que eu comia em criança, e não o das novas modas de agora. :) Concordo Catarina (novas modas) até eu fui alterando o salame que comia em criança feito pela minha saudosa mãe e que adorava e continuo a adorar. Tenho várias receitas aqui, mas fiz a vontade à Catarina, só que lhe disse que faria o salame e colocaria no blog, aí era só copiar. Fiz exactamente como via a minha mãe fazer e tenho no meu caderninho, só não fiz o feitio "tradicional" (enrolado) em papel vegetal humedecido com aguardente, licor ou vinho do Porto, era o que via sempre a minha saudosa mãe fazer. Catarina, faça o feitio tradicional como descrevo atrás. Muito obrigada por estar aí ou estares... :)

Ingredientes:
-200 g de manteiga à temperatura ambiente (usei sem sal)
-200 g de açúcar
-150 g de chocolate em pó
-50 g de cacau em pó
-200 g de bolachas Maria
-3 gemas de ovos
Numa tigela com a ajuda da batedeira bati a manteiga com o açúcar, quando a mistura estava esbranquiçada, juntei as gemas e continuei a bater. Adicionei o chocolate em pó e cacau e envolvi muito bem com a batedeira. Por ultimo adicionei as bolachas partidas grosseiramente e envolvi com a espátula muito bem. Deitei a mistura numa forma de bolo inglês forrada com película aderente. Levei ao frigorífico de um dia para o outro.

Notas: As claras, já sabem fazem como eu sempre disse aqui no blog há mais de 7 anos: congelam. Agora tenho que deixar aqui um recado pois recebo imensos e-mails a pedirem a minha receita de Pudim Molotof. Não tenho receita, as que tenho são dos livros, e como é uma sobremesa, que nunca me agradou nem aos filhos, não faço. Peço imensas desculpas, desta minha falha. :) Com as claras faço Pavlovas, e bolos.

P.S. Agora, que falam tão mal das bolachas Maria, foi as primeiras bolachas que dei aos meus filhos há 36 anos atrás, eu utilizei no salame. :) Só podia, se queria ter o sabor que transporto na memória de criança. Eu acho uma grande "tanga" a fantochada, não sou diferente da maioria do pessoal, sou só eu (Isabel), estou-me lixando para as notícias que fazem à volta dos alimentos e não só. Há grandes "lobbies" por detrás de tudo/notícias que sai. Há dias li uma notícia num site americano onde dizem que as sementes que o pessoal agora come com tudo e com nada, a longo prazo faz mal. Eu sempre fui de não ligar às notícias sensacionalistas, acho uma náusea. O que hoje faz mal, amanhã já faz bem e o inverso igualmente mas também nunca fui mulher de carneiradas. :D A foto que está em baixo retirei do facebook, achei o máximo. Quando era criança tinha tanta pena dos 3 porquinhos, o lobo mau, passava a vida atrás deles. Agora com 56 anos vem dizer que os porquinhos (bacon e enchidos) provoca o cancro, até o lobo mau já não quer nada com os porquinhos. :) Haja mentes lúcidas e paciência para saber que o q.b. em tudo na vida é o assertivo.